Fotos, Informações e Apariçoes - James Lafferty

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Season finale de One Tree Hill…

Mensagem  Pat em Sab Maio 01, 2010 11:39 am

Apesar de os telespectadores ainda estarem esperando a confirmação para sabe se One Tree Hill terá uma nova temporada, pelo menos uma espera chega ao fim: Depois de um hiatus de dois meses, a série da CW voltou a ser exibida na última segunda-feira para os quatro episódios finais do show. James Lafferty, que interpreta Nathan Scott, um dos personagens do roteiro original, diz à TVGuide.com que “há momentos muito gratificantes para os fãs que acompanharam toda a série”. Leia a entrevista para saber o que Lafferty tem a dizer sobre os episódios finais da série, incluindo algumas grandes decisões que serão feitas e qual o status da série ao final da temporada.

TVGuide.com: Antes do hiatus, a mãe da Haley morreu. Ela e Nathan ainda estarão lidando com essa perda quando a série retornar?

James Lafferty: Sim, com certeza. Há, definitivamente, o luto. Não como se o programa fosse só melancolia, mas essa é a jornada de Haley… e ela irá precisar de ajuda, e essa ajuda virá da unidade da família dela.

TVGuide.com: O que leva toda a gang para Utah no final?

Lafferty: O filme de Julian obtém um certo sucesso, e é por isso que nós estamos em Park City, Utah. Por razões diferentes, eles decidem não apenas mostrar o apoio deles ao filme, mas eles também querem sair de Tree Hill para se divertirem. Na verdade, há decisões muito importantes que são feitas naquela cidade, e depois que os personagens voltam a Tree Hill muitas coisas importantes irão acontecer.

TVGuide.com: Então haverá outro salto no tempo?

Lafferty: Essa é uma boa pergunta. Eu não sei se há uma resposta para ela. Acho que é pouco tempo para que o filme de Julian seja editado e em seguida divulgado, então talvez nós pulemos algum período de tempo.

TVGuide.com: Qual a melhor parte sobre ir gravar em Utah?

Lafferty: Aqueles dias de neve foram muito divertidos. Literalmente, foi como voltar a ser criança. Trabalhar naquele tanto de nove, o dia todo, curtindo muito fazendo bonecos de neve e jogando bolas de neve por todos os lugares, e ter Jackson [Brundage] por perto – a energia dele é muito infecciosa, e só de estar perto dele você já se torna uma criança… Você tem um dia como esse, e depois você tira as suas roupas de neve e volta pro hotel… Nesse momento você percebe como está exausto.

TVGuide.com: Como está o clima no set sem a certeza de OTH voltar para uma próxima temporada?

Lafferty: Foi estranho porque nós saímos daqui e não levamos a equipe toda pra Utah. Então nós improvisamos um pouco em Wilmington quando saímos, e aonde nós nos despedimos de muitas pessoas, provavelmente para sempre. É difícil, mas não acho que seja triste. Nós temos sorte de ainda estarmos aqui, e somos agradecidos por isso.

TVGuide.com: No episódio final podemos perceber que o que poderia ser o fim da série?

Lafferty: Eu acho que o criador [ Mark Schwahn] realmente percorreu essa linha final. Ele sabe do carinho que os fãs têm pelo show, então ele não quer deixar o show com um final muito vago, tão vago que eles [fãs] não recebam uma gratificação por terem acompanhado o programa, já que essa temporada pode definir – ao final – o legado que nós temos e que nós vamos deixar. Nós apenas queremos ser lembrados como um show que deu alegria aos seus fãs, mas ao mesmo tempo, ele quer organizar tudo caso tenhamos uma nova temporada no próximo ano. Então é uma linha muito dura de se andar, mas acho que dos fãs ficaram satisfeitos de uma forma ou de outra.

TVGuide.com: Os fãs de Tree Hill são uma das maiores vozes. Você tem alguma mensagem para aqueles que estiveram com você desde o primeiro dia?

Lafferty: Obrigado. É por causa de vocês que ainda estamos aqui. Um show não pode ficar no ar se não há telespectadores, mas os nossos sempre estiveram à frente. Eles sempre andaram aquela milha extra para manter o show no ar, e fazer os outros saberem que todos eles estão assistindo. Tudo o que se pode dizer é “obrigado” aos seus fãs, eles realmente ajudaram a decidir como o programa será lembrado. Não é só esse lance cult. É, de fato, um show que tem uma geração identificada com ele.

TVGuide.com: O que o pessoal pode esperar dos quarto últimos episódios?

Lafferty: Os Fãs realmente vão gostar de ver os personagens fazerem algumas decisões importantes – TODOS: de Brooke e Julian a Nathan e Haley. Há muitas coisas que REALMENTE vão acontecer. Os personagens têm estado no limbo por muito tempo durante todas as temporadas, mas vai haver alguns momentos realmente gratificantes para aqueles fãs que sempre nos acompanharam.

Fonte: TVGuide
Tradução:OTHBR

Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Passado, presente e futuro de OTH por J.Lafferty

Mensagem  Pat em Sab Maio 01, 2010 11:54 am

Em 2003, os telespectadores encontraram um Nathan Scott bonito mas arrogante, Atlético porém academicamente problemático. Em quase sete anos de vida que se passaram, lentamente vimos Nathan se transformar em um belo homem porém humilde, focado na carreira, mas também focado na família, sendo um bom marido e um bom pai.

Quem Nathan será em um ano? James Lafferty, que falou comigo no começo dessa semana sobre o passado, presente e futuro de One Tree Hill, espera que nós sejamos capazes de descobrir. Mas antes que pudéssemos chegar a esse, Lafferty abriu o jogo comigo. Vejam vocês mesmos…

TDW: Existem apenas quatro episódios para o fim da sétima temporada de One Tree Hill. Como você descreveria?
Lafferty: Você sabe, eu só vi o final. Mas eu acho que todos os episódios vão se unir muito bem. Nós tínhamos uma frente de ótimos diretores para os últimos episódios. Pete Kowalski dirigiu um. Ele tem sido nosso diretor de fotografia há muito tempo e já dirigiu episódios antes. Ele é fenomenal. Prange Greg (Produtor executivo) dirigiu um e ele é um veterano. Ele conhece a série tão bem. Como diretor, a única pessoa que conhece a série melhor é, provavelmente, Mark Schwahn (Criador). E Schwahn dirigiu o final. Portanto, temos um monte de episódios muito fortes chegando para os fãs.

TDW: Greg trabalhou em Dawson’s Creek antes de One Tree Hill.
Lafferty: Sim, ele trabalhou. É engraçado, Dawson Creek foi realmente seu tiro final, quando filmamos nosso piloto em 2003. Greg ainda estava trabalhando em Dawson’s no momento e não foi envolvido em nossa série. Mas uma vez que a WB (Warner Bros) nos pegou e nós estávamos vindo para Wilmington, parecia uma grande oportunidade para que Greg Prange e David Hartley (Produtor) viessem como uma espécie de guia nos ajudar aqui em Wilmington.

TDW: Isso é incrível. Eu realmente adoro a forma como estes dois fantásticos dramas adolescentes se passam em uma só área, com os mesmos estúdios e tudo mais.
Lafferty: Eu acho que é um testamento para a área, de Wilmington. Ela inspira e incentiva realmente este grande clássico, uma espécie de cenário americano. Acho que é por isso que muitas produções vem pra cá.

TDW: Isso mesmo. Então, tem uma coisa nos promos para os próximos episódios que todo mundo esta falando que Haley (Bethany Joy Galeotti) não parece estar muito bem. Você tem algo reconfortante que você pode dizer aos fãs sobre isso?
Lafferty: Sim, com certeza. Haley esta obviamente sofrendo porque perdeu a mãe, mas estas coisas, é como “o que não nos mata torna-nos mais fortes.” Eu acho que a jornada da Haley esta através deste processo trazendo mais união para a família Scott e também dos seus amigos, que estão de certa forma ali para o que ela precisar. Então o que isso significa do ponto de vista público é que você vai ver o tipo de grupo como um todo se unindo para fazer com que essa seja uma experiência muito positiva.

TDW: Sobre Naley, o que você acha, que eles ganharam o casal com fãs leais?
Lafferty: Eu acho que, para começar, a probabilidade de Nathan e Haley ficarem juntos era muito pequena. Nos nossos primeiros poucos episódios, os personagens eram de mundos diferentes. Não parecia que seria um bom encaixe. Mas contrariando todas as probabilidades, eles continuaram a fazer o trabalho ao longo dos anos e que lutou com a adversidade. Eu acho que eles se tornam um casal que você não pega gosto fácil pois foram vários contras. Então, no fim, você torce por eles.

TDW: As pessoas estão torcendo por eles. Acho que ela torcem por Jamie [Jackson Brundage], também. Uma coisa que ficou para mim é que muitas pessoas disseram que nesta temporada a rapidez com que Jackson está crescendo diante dos nossos olhos. E isso me fez pensar que você meio que cresceu na tela diante de nós, também. Você só tinha 17 anos quando você estava no elenco da série?
Lafferty: Sim. Eu não tinha completado 18 anos ainda. Eu fiz o meu último ano do ensino médio durante o piloto. Eu estava aqui [em Wilmington] com a minha mãe por três semanas de rodagem do piloto. E então a próxima vez que eu estive aqui foi quando a série foi pega e nós estávamos gravando o primeiro episódio. Eu tinha 18 anos e eu estava aqui sozinho em um apartamento. Eu vivi com Brett Claywell, que interpretou o Tim na série. Eu sempre digo que One Tree Hill tem sido o meu tipo de faculdade. Eu acho que agora isso significa que eu estou trabalhando em meu mestrado, ou talvez meu Ph.D.

TDW: Talvez. Sete anos é muito tempo.
Lafferty: É um longo tempo. E eu tenho agradecido a cada ano. Eu ficaria grato por outro.

TDW: Na próxima semana, creio eu, é o episódio 150 da série.
Lafferty: Oh, é verdade. Greg Prange, oportunamente, dirigiu nosso episódio 150. Nós tivemos uma pequena festa improvisada no set quando gravamos esse episódio.

TDW: E você? Isso é ótimo.
Lafferty: Sim. É como um marco bom. Para mim, é tão grande quanto 100. Não é qualquer série que chega a 150 episódios. O fato de que temos sete temporadas completas, nunca tivemos uma temporada que foi apenas 13 episódios, nós tivemos sete temporadas muito completa, eu canso a minha mente pensando nisso.

TDW: Quando você olha para trás e vê todas as histórias que você fez em 150 episódios, qual se destaca para você? Você tem uma história ou episódio favorito?
Lafferty: Eu tenho um casal. Há apenas momentos como estes. “Quando filmamos o episódio do campeonato estadual [Episódio 4.09, Some You Give Away], que era enorme. Fomos para Raleigh e filmamos no ginasio do estado de Carolina do Norte. Eu acho que é chamado de Centro RBC. Greg Prange dirigiu o episódio. Nós não tínhamos muito tempo para filmagem. Tínhamos que estar fora desse centro RBC por um determinado período de tempo. Nós tivemos um monte de set-ups para filmar todas as cenas de basquete. Foi realmente uma prova do trabalho que esta equipe pode fazer. Brendan Kirsch, que faz toda a coordenação de esportes, colocou tudo junto e nós realmente fizemos as coisas acontecerem em apenas dois dias. Nós temos um episódio surpreendente fora dele, a cena de basquete é incrível. E isso foi muito gratificante para mim, porque eu estava muito ligado ao basquete. Em seguida, outra é uma espécie de um bom basquete, quando Nathan entra no ginásio do Charlotte Bobcats [Episódio 6.24, Remember Me As A Time Of Day] para a NBA. Fomos a Charlotte para filmar isso e nós filmamos durante o intervalo do jogo. Eles disseram: “Você tem quatro minutos para conseguir o que você precisa.”

TDW: Oh, uau.
Lafferty: Literalmente, em quatro minutos, corremos lá pra fora, pegamos o uniforme no estacionamento, e vestimos nossos caras com as roupas do Bobcats. Foram 26 mil fãs na arena. O locutor chegou e anunciou Nathan Scott. Todos os gráficos eram acima de todo o ecrã. Foi só neste momento surreal quando eu literalmente senti como se tivesse ganhado na loteria. Isso apenas não acontece. Para mim, sempre foi um sonho de entrar numa quadra em um jogo da NBA e, apesar de não ter “realmente” acontecido, só mesmo gravar e estar na frente de muitas pessoas que, nesse momento aconteceu para o personagem, foi apenas realmente impressionante. Então, esses são apenas alguns dos momentos que se destacam para mim.

TDW: Falando do basquete, nesta temporada, nós realmente não temos visto você jogar fora da River Court. Se chegarmos a uma 8ª temporada, Nathan vai voltar a fazer isso?
Lafferty: Eu não sei. Possivelmente. É difícil dizer onde Nathan em particular é dirigido em sua carreira. Ele poderia continuar a jogar na NBA. Ele podia perceber que ele realmente valoriza o seu tempo e ama o seu tempo de ser um pai e um marido e que quer ficar perto de sua família. Eu acho que Nathan estará sempre envolvido no basquetebol. Basquetebol será sempre uma parte de sua vida. Mas de que forma ainda eu não sei.

TDW: Eu sei que você está de volta à algumas semanas, mas já que vocês foram para Utah para o episódio final. Eu imagino que você levou para fora da sua zona de conforto um pouco porque não é o tempo Wilmington e certamente não é o clima na Califórnia.
Lafferty: Estávamos definitivamente fora do nosso habitat. Foi engraçado, nós tivemos realmente um dos invernos mais frios já aqui em Wilmington este inverno passado. Ele tinha acabado de começar a esquentar aqui e decidimos ir para Utah. Eu chamei-o “inverno perseguidor.” Basicamente perseguiu o inverno para Utah e voltei em um ambiente muito frio. Nós tivemos esta tripulação híbrido da população local Utah e as pessoas de Wilmington nós trouxeram para fora. Isso funcionou muito bem. Havia um monte de coisas que eram contra que poderia ter nos ferido ou detidos lá trás um pouco, mas temos tudo feito, temos tudo o que precisavamos. Mark Schwahn nos deu alguns bons dias. Foi uma grande experiência.

TDW: O que você ouviu falar sobre uma 8ª temporada?
Lafferty: Eu tentei não prestar atenção demais a ela, porque não há tanta especulação. Há centenas de perguntas e respostas. É realmente difícil. Se você ouvir tudo o que está lá fora, e se você realmente investir em tudo o que disse, pode ser emocionalmente desgastante. Nós estamos falando sobre nossas vidas aqui. Acho que para mim, eu estou tentando sentar e esperar. Eu ouvi algumas coisas diferentes aqui e ali, mas para mim, ainda parece ser um sorteio. Eu acho que o apoio dos fãs realmente pode ajudar. Então, se você for um fã da série, continue a voz e dê seu apoio.

TDW: Se esta é a última temporada da série, o que você quer mostrar da sua missão?
Lafferty: Bem, eu acho que a missão da série já está definido. Acho que a maneira que você colocou no início desta entrevista, de que a classificação nossa esta lá em cima com 90210 e Dawson’s Creek, que é realmente a nossa missão. Acho que estamos partindo como um dos grandes dramas adolescentes e que esperamos uma geração identificada. Isso é realmente o que eu espero. Que as pessoas olham para trás sobre a série e digam: “Isso foi um marco dos tempos”.

TDW: Que mensagem você gostaria de dar aos fãs?
Lafferty: Eu sou péssimo em finais felizes. Gostaria de deixar os fãs com um final feliz. Eu acho que nós vamos ao cinema, assistimos nossos televisores para que possamos estar contando histórias e eu adoraria que a nossa história fosse aquela que termina com finais felizes.

Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clipe -Wakey!Wakey! - Car Crash - com James

Mensagem  Pat em Sab Maio 01, 2010 12:05 pm


Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

10 minutos com James Lafferty

Mensagem  Pat em Dom Maio 02, 2010 6:22 pm

Em 2003, James Lafferty era só mais uma carinha nova na TV e One Tree Hill uma simples série adolescente da WB. Mas sete temporadas depois, tanto OTH quando Lafferty continuam no ar, depois de sobreviveram à mudança para a CW em 2006 e à saída de Chad Michael Murray e Hilarie Burton em 2009. Nathan começou como a arrogante estrela do time de basquete de Tree Hill High; agora ele é marido, pai e jogador profissional da NBA. Conversei com James sobre o crescimento de Nathan, seu próprio crescimento e, o mais importante, seu cabelo.
Fonte: TV.com | Tradução: doh (Equipe OTHBR)

Quando One Tree Hill começou você era um adolescente. Como você mudou nos últimos sete anos?
É uma pergunta importante. Quer dizer, como alguém muda dos 18 para os 25 anos? Muda praticamente tudo. Passa-se a ver o mundo de forma diferente, e suas prioridades são outras. Acho maravilhoso que a série faça parte da minha vida desde que eu tinha 18 anos, com ela cresci e aprendi muitas coisas. Ajudou a definir meus valores e passei de um menino para um homem. Entende? E tive oportunidade de fazer coisas que nunca pensei que faria. Nunca pensei que iria dirigir, e agora tenho alguns episódios sob minha direção.

Você era mais próximo em idade do seu personagem do que os outros atores principais. Acha que isso afetou na sua interpretação?
Não. Na época não interferiu porque eu ainda era muito jovem e imaturo, estava só iniciando na carreira de ator. Nunca me senti trabalhando melhor que os outros por causa da minha idade. Às vezes lembro-me daquela época e acho que, visual e esteticamente falando, como eu aparecia na tela soava muito autêntico. Os episódios repetem todos os dias no Soap Network, então sempre que dá eu assisto e percebo como eu era jovem nas primeiras temporadas. Não posso julgar meu desempenho como ator, acho que isso é papel dos fãs.

Como você acha que Nathan mudou nesses sete anos?
Nathan passou por altos e baixos. Ficou claro que, no início, ele não era um cara bom. Acho que ele não sabia como interpretar as emoções que sentia diante de algumas situações de sua vida, então sua fuga era ser intimidador. Nathan mudou muito. Penso que suas experiências de vida, de caráter e ao lado de Haley o mudaram bastante e o tornaram honrado. A volatilidade de sua família o melhorou e o transformou de um garoto revoltado para um pai e um marido amoroso.

O que aguarda Nathan no futuro? E, mais especificamente, na season finale?
Não faço idéia. Ele continuará na NBA? Irá decidir que essa vida não condiz com a de um pai de família? Acho que as possibilidades são vastas. Quanto a season finale, acho que finalmente veremos Nathan assumindo completamente seu papel como pai e marido. Ele será como a cola da família. Por Haley estar passando por esse momento difícil por causa de sua mãe, Nathan terá a oportunidade de estar realmente presente, uma vez que a temporada da NBA acabou.

O que você mais gosta em Nathan?
Sua lealdade com a esposa, o filho e pelas coisas que ele gosta. E também sua dedicação para perseguir o que ele ama, que é o basquete, e nunca desistir. Acho que é isso que define Nathan.

O que você mudaria nele?
É uma boa pergunta. Acho que eu mudaria seu cabelo porque sempre quis ter aquele tipo ondulado. Queria que Nathan tivesse o cabelo do meu irmão mais novo que é bem parecido com o estilo ondulado do de Patrick Dempsey.

Como é trabalhar com Robert Buckley e Shantel VanSanten? Como foi incorporar dois novos personagens?
Tudo aconteceu perfeitamente. Os dois são muito dedicados e focados em seu trabalho. Acho que trouxeram um nível de profissionalismo para todo o processo, no que diz respeito ao quão preparados eles estão todos os dia. Isso melhorou tudo, foi maravilhoso. Fizermos algumas coisas durante o curso do seriado que deu tanto ao elenco quando a equipe uma dose de adrenalina e entusiasmo, e acho que causou o mesmo efeito nos fãs. A adição dos dois foi uma dessas coisas. Nos arriscamos sem saber se os fãs iriam gostar. Mas acho que eles se encaixaram maravilhosamente bem e fazem o trabalho bem feito. Se tudo der certo, teremos outra temporada e eles continuarão junto conosco.

Por que você acha que os fãs são tão apaixonados pela série?
Não sei como definir psicologicamente essa questão. Mark Schwahn que sabe responder muito bem esse tipo de questionamento porque ele tem uma ótima conexão com os fãs. Acho que é a narração que seduz as pessoas de uma forma que elas passam a se dedicar emocionalmente a série, a suas histórias e a suas personagens. É uma prova que nosso trabalho duro vale a pena. É tipo uma anomalia. Sou muito grato por essa fidelidade porque é ela que nos mantém no ar. Devemos ser sempre gratos por os fãs sempre protegerem e defenderem veementemente o seriado.

Qual seu personagem favorito?
Dan Scott (Paul Johansson) em primeiro lugar. Jamie Scott (Jackson Brundage), em segundo. Mas Paul Johansson realiza uma interpretação magistral. Fico vidrado quando ele aparece em tela por causa da forma que ele interpreta o personagem. Há vários aspectos diferentes em Dan Scott, e ele é muito bem escrito. Começa por aí. Então você tem um cara como Paul Johansson que o executa tão bem. Não é todo ator que consegue fazer um vilão e, ao mesmo tempo, ter a audiência se importando com ele, investindo emocionalmente nele. Isso me deixa maravilhado. Amo Paul como ator, diretor e amigo, e amo como ele interpreta Dan.

Você e suas companheiras, Bethany Joy Galeotti e Sophia Bush, tiveram a chance de dirigir um episódio dessa temporada. Como o modo de dirigir de vocês três se diferenciam?
Não sei dizer ao certo. Acho que nós três lidamos parecido com os atores pelo fato de sermos atores. E por estarmos trabalhando juntos há tanto tempo, acho que nossos estilos também são similares, no que diz respeito a forma como coordenamos a cena, e arrumamos as coisas e como fazemos tudo fluir. O que sei com certeza é que tanto Sophia como Joy vieram super preparadas. Mas não sei nos diferenciar com precisão. Sei que nossos processos de preparação são diferentes, e preparação é tudo.

Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Feliz Aniversário James Lafferty

Mensagem  Pat em Dom Jul 25, 2010 10:29 pm

James assim como Shantel completa 25 anos hoje!!! Parabéns!!!


Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

James Lafferty estará como Bartender No Espaço Calico Room para Caridade

Mensagem  Pat em Seg Ago 09, 2010 10:47 pm

O Espaço Calico em Wilmington está arrendando um leilão no sábado à noite e James Lafferty será o bartender para levantar o dinheiro! O Espaço Calico está localizado a 107 Front Street no centro de Wilmington. Confira seu Facebook.

O Espaço Calico Espera ver todos no Calico Room on sábado 7 de Agosto para o leilão sossegado, com música ao vivo e comida deliciosa! Teremos também um bartender convidado especial ... ... do concurso para a noite ... James Lafferty de One Tree Hill! Marque no seu calendário AGORA!!! Graças a Sophia Bush para tweetou sobre isso!

Outros! Quero desejar um JLafferty HpyBelatedBday em pessoa!? Se você estiver> 21 hit Calico quarto em Wilmy noite, sáb. Ele será bartender em uma noite de caridade!

PS Confira as fotos ... Stephen, Shantel e James podem ser manchado!



Última edição por Pat em Seg Ago 09, 2010 10:58 pm, editado 1 vez(es)

Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fotos, Informações e Apariçoes - James Lafferty

Mensagem  Pat em Seg Ago 09, 2010 10:55 pm

James foi um barman no "O Espaço Calico" em Wilmington no evento de ontem à noite "Hope 4 Hannah. Na verdade, é uma associação de Autismo


Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Algumas fotos de James

Mensagem  Pat em Qui Ago 12, 2010 9:44 pm


Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

v29/12 | James Lafferty está namorando a filha de Bono

Mensagem  Pat em Dom Jan 02, 2011 10:35 pm

O galã de One Tree Hill, James Lafferty, foi flagrado por paparazzis com Eve Hewson, filha de Bono Vox.

James, 25, e Eve, 19, pareciam um belo casal na terça (28 de dezembro) enquanto assistiam a uma corrida de cavalos com os pais dela. “Eles são lindos juntos,” uma pessoa no local disse ao JustJared. “Eve susurrava nos ouvidos de James e eles trocaram alguns beijos.”

Casal fofo!

Um leitor do JJ escreveu: “James e Eve foram vistos recentemente em um show da banda Wakey Wakey! em Nova Jersey, em 20 de novembro. Eles andavam com amigos depois do show e pareciam adoráveis juntos!” (James é um grande amigo do cantor Mike Grubbs e também participou do clip “Car Crash” da banda Wakey Wakey)

Confira fotos do casal :



Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

22/03 | James Lafferty: “Vocês não irão se decepcionar”

Mensagem  Pat em Ter Mar 22, 2011 11:49 pm

One Tree Hill passou de uma série sobre o drama que girava em torno do time de basquete da escola em um completo espetáculo de louco enredo e personagens psicopatas/malucos.

E nós amamos cada minuto disso.
Fonte: EOnline | Tradução: Ingrid Fossa

Algo frequente em OTH tem sido James Lafferty, que interpreta um dos casais favoritos Nathan e Haley Scott (Bethany Joy Galeotti). Ou “Naley”, se preferir. O destino da série continua perdido no ar, mas James nos deu uma clareza sobre como será o resto da temporada, e ainda exclusividade no que ele fará depois…

“Eu estou na verdade gravando meus últimos dias dessa temporada (essa semana), então eu já sei o que irá acontecer para Nathan no fim”, James nos conta. “Eu posso dizer a vocês fãs de One tree Hill, que não ficaram desapontados”.

Este pouco de informação está oculto para os fãs não instruídos de OTH, mas nós temos um Ph.D em OTHlogia, então vamos decifrar isto. Fãs querem ver Nathan e Haley vivendo felizes para sempre acima de tudo, já que a vida tem sido difícil desde o fatal primeiro encontro. Parece que Nathan e sua família terão o encerramento que merecem, esta deve ser a última temporada de One Tree Hill.

“No passado nós sempre tínhamos que esperar para descobrir se estaríamos ou não de volta para outra temporada,” James diz. ”Nós costumamos a terminar a temporada com um olhar na possibilidade de que poderia ser nossa última. Não acho que seja diferente nessa temporada”.

Vocês sabem o que isto significa, experts em OTH. A história está sendo escondida. Personagens podem possivelmente serem trazidos de volta para uma despedida. Mais importante, OTH quer tratar seus fãs corretamente durante os episódios finais.

“Eu não sei como posso agradecer aos meus fãs suficientemente. Eles sempre nos mantiveram no ar”, James insiste. ”Sem eles, One Tree Hill não teria durado um episódio – sem falar que já são oito temporadas. Eu serei sempre grato e olharei para trás na minha experiência com a série como um período de definição na minha vida”.

James já tem um apaixonado projeto programado por ele mesmo, e envolve seu colega de elenco Stephen Colletti, e seu irmão Stuart Lafferty. Wild Life: A New Generation of Wild é uma série sem enredo que explora lugares selvagens na America. Ganhador do prêmio de fotografia da natureza e autor Ian Shive se juntou no time dos meninos do OTH em uma tentativa de trazer exploração e viajem à uma nova geração. “Eles sempre estão acampando e sempre estiveram, o que é realmente importante,” Ian nos diz sobre James & Co. “Se eles não gostassem disso, então não funcionaria”.

“Todos nós conhecemos Ian e somos grandes fãs de seu trabalho por anos,” James diz sobre seu novo projeto. “Nós estamos interessados na idéia de nos unirmos a ele em uma de suas viagens fotográficas, e quando esta idéia foi proposta nós agarramos a chance. É uma oportunidade fantástica e eu não tenho dúvida de que será uma irresistível experiência de aprendizado. No topo disso, nós começamos a sensibilizar as pessoas para o nosso sistema de Parques Nacionais, que é sustentado pelas pessoas que o utilizam”.

Uma prévia de cinco minutos será liberado em 18 de abril no GenerationWild.tv. Mas se você não puder esperar até lá, fotos dos bastidores e uma prévia de 30 segundos da série estarão disponíveis no site no dia 1 de abril.

Então, o que vocês dizem fãs de OTH? Como vocês acham que a história de Nathan será encerrada? E o resto dos personagens? Ansiosos com o novo projeto de James?



Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fotos, Informações e Apariçoes - James Lafferty

Mensagem  Pat em Seg Maio 16, 2011 10:30 pm


Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

O filme ''The Hopeful'' que James Lafferty é produtor executivo ganha prêmio

Mensagem  Pat em Qua Maio 25, 2011 9:27 pm

O filme em que James Lafferty é produtor executivo ''The Hopeful'' (''O Esperançoso''), no dia (19/05/11) quinta-feira ganhou o prêmio ''Silver Ace Award'' em Las Vegas no festival internacional de Filmes. O prêmio é concedido aos 15 melhores filmes em cada categoria. ''The Hopeful'' terminou na décima quarta posição, na categoria documentário dos 1.700 filmes. Este é o segundo prêmio em quatro teatros.

Créditos: les-freres-scott.hypnoweb
Fonte: SportsArc Facebook

Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Foto] James Lafferty nas filmagens do dia 11/08/2011

Mensagem  Pat em Qui Ago 25, 2011 9:52 pm



James foi fotografado quando estava indo embora.

Fonte: OTHBlog

Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

James Lafferty no twitter

Mensagem  Pat em Ter Set 27, 2011 10:20 pm

Isso mesmo James juntou-se ao twitter. Para segui-lo clique aqui: @ThisIsLafferty!

Fonte: othblog

Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

James Lafferty no evento Sociedade Cinema em Nova York

Mensagem  Pat em Dom Out 09, 2011 11:06 pm

James Lafferty tornou-se para a Sociedade Cinema e The Weinstein Company triagem da menina suja realizada no Cinema da luz do sol Landmark na segunda-feira 03 de outubro na cidade de Nova York. O ator de 25 anos se juntou ao Juno Temple, Tim McGraw, e Jeremy Dozier. Depois da triagem, as estrelas como Jimmy foram para o Hotel e James para a festa.



Fonte: Just Jared

Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Novo photoshoot de James Lafferty

Mensagem  Pat em Sab Dez 17, 2011 11:11 pm












Fonte: j.lafferty.com


Última edição por Pat em Dom Dez 18, 2011 8:09 am, editado 3 vez(es)

Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Photoshoot Antigo de James Lafferty

Mensagem  Pat em Sab Dez 17, 2011 11:38 pm

Gente, essas fotos são de 2009 e como o James raramente faz seções de fotos resolvi acrescentar essa daqui, que embora antiga eu nunca tinha visto, e acredito e muitos de vc´s podem não ter visto.



Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Vídeo] Entrevista com James Lafferty

Mensagem  Pat em Dom Jan 22, 2012 4:33 pm

Lembre-se, quinta-feira, 12 de janeiro, 2012 no The Langham Huntington Hotel and Spa em Pasadena, Califórnia, realizou-se um coquetel de "One Tree Hill Final de Temporada". Nesta ocasião, James Lafferty deu uma entrevista para falar sobre a temporada final da série.



Fonte: lesfreresscotthypnoweb.net

Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

[TVGuide] James Lanfferty diz: Nathan precisa de Dan em sua vida nesta temporada

Mensagem  Pat em Dom Jan 22, 2012 5:35 pm

Will One Tree Hill, Dan Scott pode ganhar o perdão nesta temporada final?

Como o vilão residente, Dan (Paul Johansson) tem sido evitado por seu filho Nathan (James Lafferty) e sua família, mas na estréia da temporada 9 Dan muito mais quebrado voltou para a cidade na esperança de convencer Nathan e sua esposa Haley à ajudá-lo a voltar.
"No passado, a presença de Dan trouxe um monte de confusão e conflitos, mas este ano, a maneira como ele vê as coisas, a vida de Nathan é muito, muito diferente", diz Lafferty a TVGuide.com. "Nathan realmente vai precisar de Dan um pouco mais este ano."

Mas pode Dan nunca se redimir pela morte de seu irmão Keith, entre outras coisas? Lafferty diz: "Isso continua a ser visto. Esta é a grande parte da história do coração de Nathan nesta temporada é uma das coisas que temos para vê-lo chegar a um acordo ou não, ele pode perdoar Dan no fim.''

Parece apropriado que a série, que começou por destacar a intensa relação de Nathan e Dan, vem em círculo cheio, com o enredo - embora pareça, um deles não pôde fazê-lo vivo. Quando perguntado sobre que corpo Haley identifica na estréia da temporada, diz Lafferty, "Ele definitivamente tem algo a ver com história de Nathan, mas não posso te dizer o quanto."

Fonte: TVGuide

Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

James Lafferty compra apartamento de luxo no edifício ''The Edge''

Mensagem  Pat em Qua Fev 08, 2012 7:53 pm

James Lafferty comprou um apartamento de luxo no edifício chamado "The Edge" com 2 quartos e 2 banheiros no valor de $814, 600, no Brooklynn (New York). O prédio também dispõe de uma piscina, acesso à beira-mar (com uma garagem de táxi aquático), dois centros de fitness, um campo de golfe virtual e uma sala de jogos.




Créditos: les-freres-scott.hypnoweb
Texto original aqui

Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Vídeo] Entrevista com James Lafferty

Mensagem  Pat em Seg Fev 27, 2012 10:12 pm

James foi convidado para uma entrevista no ''Morning Buzz'' no VH1 em New York. Ele falou, entre outras coisas de sua nova vida em Nova York, e o que está acontecendo agora. Ele então falou do episódio 9x07 e o retorno de Chad Murray. Finalmente para finalizar a ocasião, a equipe de inauguração ofereceu uma caneca à James Lafferty com as cores da "Morning Buzz.''
Confira:


Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Vídeo] Nova entrevista com James Lafferty

Mensagem  Pat em Ter Mar 06, 2012 9:29 pm

E! Online tem a entrevista exclusiva com James Lafferty. Nesta entrevista, o ator fala sobre os últimos 10 anos de filmagens da série e fornece algumas informações sobre Nathan na 9 ª temporada. Confira:


Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Fotos] James Lafferty no evento The Hunger Games

Mensagem  Pat em Seg Abr 02, 2012 11:01 pm

James marcou presença no evento 'The Hunger Games', que ocorreu no dia 20 de março em Nova York. Confira outra imagem aqui.




Fonte: othwebblog

Pat

Mensagens : 2572
Data de inscrição : 07/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fotos, Informações e Apariçoes - James Lafferty

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 1:54 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum